Publicidade

Deficiência no atendimento na Atenção Básica (Postos de Saúde) superlota HRCR

Categoria: Geral
Criado em Sexta, 04 Maio 2018 14:27
Escrito por Redação

Dr. Pinto chama a atenção para os números de atendimentos realizados no Pronto Socorro

dranadiacamara1.jpg

Só em 2017 foram quase 40 mil consultas no Pronto Socorro do Hospital Regional Chagas Rodrigues, afirma o médico e vereador, Dr. Pinto.


Na sessão do poder lesgilativo do último dia 26 de abril, o vereador e médico Dr. Pinto chamou a atenção para os números de atendimentos realizados no serviço de urgência e emergência do Pronto Socorro do HRCR.

Ao rebater críticas dos colegas de bancada, que fazem parte da base do prefeito de Piripiri, Dr. Pinto apresentou os números dos atendimentos. Segundo os dados registrados pelo PS do Hospital, no ano passado foram quase 40 mil consultas, sendo um total de 39.292. O vereador ainda ressaltou que só nos dois primeiros meses deste ano, foram quase 15 mil consultas já realizadas, isso só no PS.

Ainda de acordo com os dados levantados pelo médico, em 2017 quase 5 mil internações foram feitas nos leitos daquela casa de saúde, além de 1.829 atendimentos ortopédicos. Já as cirurgias, no mesmo ano, foram 2.798 e 668 somente nos três meses deste ano.

É importante ressaltar que em novembro de 2017, a diretora do HRCR, a convite da câmara de vereadores, já havia alertado que mais de setenta por cento dos atendimentos do HRCR poderiam ser resolvidos nos postos de saúde.

À época, a diretora foi ao Poder Legislativo a convite do vereador Genival Salles. No plenário da Casa, Nádia fez uma explanação apresentando dados sobre a produção do hospital e a respeito da pactuação entre estado e município acerca de atendimentos e exames realizados no HRCR

Nádia Costa apresentou dados apontando que 70% dos casos atendidos no HRCR poderiam ser resolvidos na atenção básica (postos de saúde), que são os casos pouco urgentes ou não urgentes. “Todos os que procuram os nossos serviços são atendidos. Mas a classificação mostra quais são as prioridades”, disse a diretora, na ocasião.