Publicidade

Após perícia médica, corpo de Valteres Peixoto é liberado

Categoria: Geral
Criado em Quarta, 10 Janeiro 2018 17:13
Escrito por Redação

O sepultamento será às 16h

Corpo.jpg

Após a perícia médica, realizada pelo médico períto, Dr. Régis, do Hospital Regional Chagas Rodrigues, o corpo de Valteres Peixoto, 30 anos, foi liberado e está sendo velado na residência da sua avó materna, no bairro Crioli II.

Segundo o que nos informaram, o sepultamento será às 16h, no cemitério São João Batista.

Valteres foi vítima de espancamento, que desencadeou em seu óbito

Ele foi encontrado por populares com sinais de espancamento num matagal próximo à rotatoria da BR 343, que dá acesso ao Açude Caldeirão. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi acionado, na madrugada de segunda-feitra, 08/01, e o levou para o Hospital Regional Chagas Rodrigues. Mas, na terça-feira, 09, ele não resistiu e faleceu.

O presidente do Grupo Gay de Piripiri, Gerson Renato, ao ser informado do ocorrido, acionou a Polícia Civil que está investigando o caso.

Falamos com a delegada, Dra. Lucivânia, e segundo ela, a perícia foi solicitada, e a polícia está trabalhando com a hipótese de homofobia.

Valteres Paixoto tinha 30 anos, residia em Teresina, e estava em Piripiri passando as festividades de fim de ano.

O presidente do GGP, Gerson Renato, ao falar com nossa redação, nos relatou que Valteres já havia sobrevivido à uma tentativa de homicídio em Teresina, quando foi alvejado com três tiros, além de ter sido esfaqueado. Renato, não lembrou o ano.