Publicidade

A situação é caótica das ruas do bairro Crioli II, há anos o bairro vive na penúria

Categoria: Geral
Criado em Quarta, 10 Janeiro 2018 13:38
Escrito por Redação

O abandono vem de décadas, afirmam os moradores

Crioli1.jpg

No bairro, apenas a rua Marcos Furtado tem alguns metros de calçamento, estando a via pública precisando de manutenção, pois a mesma está em estado crítico, começando pelo acesso.

Assim que os transeuntes descem da BR 343 para ter acesso à rua dão de "cara" ou melhor, de pé com o lamaçal.

Na entrada do bairro há um buraco que acumula muita lama e sujeira. Nas demais ruas o abandono é total. Falta tudo, desde limpeza pública à iluminação.

"O caos não é de hoje. O atual prefeito, que já esteve no comando da Prefeitura Municipal de Piripiri por vários mandatos, nunca fez uma obra no bairro. Nunca fez um metro de calçamento, nunca olhou para nossa comunidade. Nos sentimos abandonados, excluídos pelo poder público municipal", disse uma moradora.

Andando pelas ruas do Crioli II nota-se a ausência dos serviços públicos municipais. O bairro não tem nada. É abandonado!

"Aqui não temos uma quadra de esportes, não temos posto de saúde, não temos escola, não temos creche, parace que não há prefeito na cidade onde fica nosso bairro" desabafou outro morador.

O que nos resta é mostrar, através de fotos enviadas pelos nossos internautas e pelos depoimentos, a calamidade que vive alguns piripirienses que moram na periferia. Mostrar o sofrimento do povo, sobretudo, dos mais humildes.

Piripiri é a cidade que caiu no conto e na alusão da reconstrução. É a cidade que há reconstrução para poucos, somente para alguns sobrenomes.

Crioli I e II, Petecas, Pedreira, Vista Alegre, Jenipapeiro, Flor dos Campos e muitos outros,  vivem  à margem da reconstrução. O povo vive à margem da reconstrução. Lamentável!

Crioli2.jpgCrioli3.jpgCrioli4.jpgCrioli5.jpgCrioli6.jpgCrioli7.jpg