Publicidade

Operação Polícia Civil 24 horas é deflagrada no Piauí e 17 pessoas são presas

Categoria: Geral
Criado em Terça, 14 Novembro 2017 11:23
Escrito por Redação

Além dos mandados, as ações englobam, durante todo o dia, fiscalizações e bloqueios de acesso a transeuntes e motoristas em diversos pontos da cidade

Carro.jpg

A Secretaria de Segurança Pública, por meio da Polícia Civil do Piauí, iniciou nesta terça-feira (14/11), às 04h, a Operação Polícia Civil 24h, dando início as atividades da Polícia Civil -PI, visando a prevenção de crimes durante as festividades de fim de ano. Até o momento 17 pessoas foram presas na Operação Polícia Civil 24h.

A operação conta com o apoio das Polícias Militar e Rodoviária Federal e participação de 500 policiais civis de 12 Delegacias Regionais, 25 Distritos Policiais e 15 Especializadas, dando cumprimento a Mandados de Prisão e de Busca e Apreensão em todo estado.

Além dos mandados, as ações englobam, durante todo o dia, fiscalizações e bloqueios de acesso a transeuntes e motoristas em diversos pontos da cidade.

A partir das 19h, policiais civis se concentram na Delegacia Geral de Polícia Civil para início dos trabalhos relacionados a vistorias em locais de vulnerabilidade, onde há presença de menores com bebidas alcóolicas, ocasião em que o Conselho Tutelar se fará presente, além de fiscalização com equipes da Delegacia de Direitos Humanos, Delegacia de Meio Ambiente e divulgação do aplicativo Salve Maria, no combate a violência doméstica.

Prisão: a Equipe comandando pelo Delegado Daniel Pires efetuou a prisão de duas mulheres com uma quantidade de drogas. Acusadas Suzielle da Conceição Sousa Silva e Kelma Rochele Machado de Oliveira.

A operação foi efetuada depois de cumprimento de mandado de busca na casa das mesmas, no bairro Parque Alvorada, zona norte de Teresina.

Com elas: R$ 1.172,50, várias pedras de crack de tamanhos variados e um celular foram apreendidos.

Prisão da Equipe Alfa e Equipe B da Homicídios com o Delegado Danúbio e Robert Lavour.

José Lima Chagas, vulgo Gordete foi preso no bairro Santo Antônio Vila Paraíso, acusado de homicídio de Carolina Espirito Santo Silva, ocorrido no dia 18/07/17, no Bairro Promorar. Ele portava uma arma 380 com 71 munições, cordões de ouro, pulseiras, e um celular.

Equipe do 1º DP, comandada pelo Delegado Anfrisio, cumpriu mandado de prisão de David Willame de Oliveira Silva, 24 anos e Antônio Marcos Gomes de Carvalho, 39 anos, acusados de Roubo. David Willame foi preso em sua residência, no bairro Risoleta Neves e Antônio Marcos foi preso no bairro Aeroporto e mora no Infernim. Os dois são sentenciados.

Fonte: PortalAZ