Publicidade

Suposta 'irmandade homofóbica' de Teresina é denunciada pelo Matizes

Categoria: Geral
Criado em Quinta, 27 Fevereiro 2014 10:33
Escrito por
alt
O Grupo Matizes entregou na tarde desta quarta-feira (26/02), ao Delegado Sebastião Escórcio, titular da Delegacia Especializada de Repressão às Condutas Discriminatórias, pedido de apuração para identificar se realmente existe em Teresina um grupo intitulado "Irmandade Homofóbica".
 
O pedido foi feito com base em bilhete com a frase "morte aos homossexuais", escrito por um membro dessa suposta organização, de inspiração nazista, que foi encontrado no vidro do carro da proprietária de salão de beleza do bairro Primavera, que emprega vários homossexuais em seu estabelecimento comercial.
alt
O autor do bilhete desenhou uma suástica na parte superior do texto e, ao final, convida as pessoas a se filiarem à Irmandade Homofóbica (IMHO), deixando inclusive um telefone para contato.