Publicidade

Técnicos da Ufpi paralisam atividades nesta terça-feira contra reforma da Previdência

Categoria: Geral
Criado em Terça, 05 Dezembro 2017 13:52
Escrito por Redação

Apenas o Hospital Universitário estará funcionando normalmente

UFPI.jpg

Técnicos da Universidade Federal do Piauí (UFPI) paralisam suas atividades nessa quinta-feira (05) em protesto a reforma da Previdência, aderindo ao movimento nacional de greve geral. Com os portões dos centros da Universidade fechados, somente o Hospital Universitário (HU) estará funcionando.

“Nós resolvemos aderir ao dia nacional de greve hoje, além de aderir, radicalizar. Hoje não funciona nada na Universidade com exceção do Hospital, em protesto principalmente pela reforma da Previdência, que é um desmanche da Previdência, um acinte a classe trabalhadora brasileira. Não houve e nem está havendo discussão com a sociedade brasileira, é uma reforma autoritária”, esclarece o diretor de política sindical do Sintufpi, Francisco Leite.

De acordo com o presidente do Sindserm Teresina, Sinésio Soares, a manifestação será mantida em Teresina e, inclusive, o prefeito Firmino Filho já foi informado.

“Nossa luta é nacional contra a Reforma da Previdência e todos os corruptos do Congresso Nacional. Estamos também com a luta local sobre o fato de que o prefeito Firmino Filho não concedeu o reajuste anual que vai contra o que diz a Constituição Federal e já o denunciamos na Polícia Federal por desvio de recurso da educação. Convocamos todos os mais de 22 mil servidores municipais a comparecerem neste dia que já foi informado para o prefeito e todo o secretariado como Greve Geral”, afirmou.

Fonte: PortalAZ